Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Unidos de Vila Isabel – “Gigante pela Propria Natureza – Jaçanã e um índio chamado Brasil

235

 A Vila Isabel passou pela avenida, no comando do Mestre Macaco Branco  e tocando um instrumento de nome “xequeré”, assim como o ganzá, é amplamente utilizado em vários gêneros musicais, entre eles, o samba .

José Roberto é ritmista e músico e implementou esse instrumento à bateria do mestre “Macaco Branco”.

Bateria estava totalmente cadenciada, com as paradinhas que encantou todo o público e certamente aos jurados.

 A escola estava completamente linda com suas alegorias e fantasias perfeitamente intactas e adequadas ao contexto do enredo.

Todas as alas e seus componentes em uma só comunicação e evoluindo maravilhosamente linda e com o canto do samba na ponta da língua.

A ala de passistas estava muito luxuosa e com o verdadeiro samba no pé.

 Aline riscado rainha de bateria da escola veio representando uma Colombina. Linda e cheia de glamour, conquistou o público com seu samba no pé.

A comissão de frente do professor de danças e coreógrafo “Patrick Carvalho” estava linda! A apresentação da comissão de frente foi perfeita!

“Vila Isabel” uma forte concorrente a levar o título de campeã do carnaval.

Colaboração: Renata

Por: Edinho Meirelys

Edição de texto / chefe de redação: Danny Castro

Comentários estão fechados.

Follow by Email
Instagram
Fale conosco