Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Rainha do Carnaval de BH é vítima de ato racista: ‘você é uma macaca, arrogante, idiota’

111

Lais Aparecida da Silva fez um boletim de ocorrência denunciando o crime nesta terça-feira.

Há cerca de quatro dias, Lais Aparecida da Silva, Rainha do Carnaval de Belo Horizonte em 2020, recebeu uma mensagem com um pedido de encontro, algo que seria comum para a modelo. Mas, desta vez, resultou em injúria racial contra ela.

Ao recusar o convite, ela disse ter sido agredida verbalmente. “Você é uma macaca, arrogante, idiota. Olha pra você, no máximo o que você serve é pra poder saciar o fetiche de alguém”, dizia a mensagem do autor que não foi identificado na mensagem.

Lais Lima, Rainha da Corte Momesca de BH — Foto: Lais Lima/Arquivo pessoal

Na tarde desta terça-feira (1º), ela foi até a delegacia e fez um boletim de ocorrência denunciando o ato racista. O que também foi feito pelo Disque 100, canal no qual é possível denunciar qualquer violação contra os direitos humanos.

A Rainha do carnaval de BH, Lais Lima, é enfermeira e tem 25 anos — Foto: Lais Lima/Arquivo pessoal

Tudo começou com uma mensagem chamando a modelo pra sair. De acordo com Silva, no texto, o homem dizia que tinha se sentido atraído pelas fotos dela nas redes sociais.

Como o homem não se identificou, nem tinha foto, ela o bloqueou. Mas ele não desistiu e mandou mensagem de outro número. Após mais uma negativa, o homem, que não se identificou, a ofendeu.

“Fiquei bem chateada, porque a gente passa por diversas situações e essa questão vai muito além do racismo. Foi um racismo contra uma mulher. A gente sofre muito nessa sociedade machista que a gente vive hoje”.

Fonte: G1

Comentários estão fechados.

Follow by Email
Instagram
Fale conosco