Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

PORTELA – “De repente de lá pra cá e dirrepente de cá prá lá”

280

PORTELA – FICHA TÉCNICA: 

 

Presidente: Luis Carlos Magalhães

Enredo: “De repente de lá pra cá e dirrepente de cá prá lá”

Posição desfile: 2ª desfilar na segunda 12/02

Carnavalesco: Rosa Magalhães

Coreógrafo: Sérgio Lobato

Componentes:

Alas:

Alegorias:

Intérprete: Gilsinho

Mestre-sala e Porta-bandeira:  Marlon Lamar e Lucinha Nobre

Mestre de Bateria: Nilo Sérgio

Rainha de Bateria:  Bianca Monteiro

Chegou a Portela, chegou a Portela…

Sempre ela, a Azul e Branco de Madureira “chegou chegando” cheia de irreverência e  trazendo aquela força ímpar que tem.

Sua Águia “voou” pela avenida, guiando a imigração dos Judeus fugidos da Europa do século XVII para o Nordeste no período da Inquisição. Após, rumaram para os EUA  participando da construção de Nova York em busca de liberdade e paz.

Através da comissão de frente, o coreógrafo Sérgio Lobato, mostrou os judeus refugiados em busca de um novo mundo. 

O 1º casal de Mestre-sala e Porta-bandeira, Marlon Lamar e Lucinha Nobre, marcou o encontro das culturas judaicas e nordestinas na passarela do samba.

Sempre com uma leveza e elegância em seus movimentos, Lucinha muito experiente consegue exigir dela mesma muita dedicação e talento para alcançar sempre as notas mais altas (10). Marlon um mestre sala também muito dedicado, com um cortejo diga se de passagem.

Uma verdadeira lástima foi a nossa campeã mostrar as alas sem muita animação e movimento, fazendo com que a escola perca, provavelmente, ponto em evolução.

 

 

Imagens Aéreas: Fotografo Cezar Loureiro | Riotur

 

 

Jornalista: Edinho Meirelys

Comentários estão fechados.

Follow by Email
Instagram
Fale conosco