Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Portal Samba Conexão, ligado no Coronavírus, (COVID-19): mudança de hábitos é essencial para evitar a disseminação do vírus

0 18

A Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou nesta semana estado de pandemia em decorrência do coronavírus (COVID-19). O Hospital Pequeno Príncipe, ciente de seu papel de referência em atendimento pediátrico e na proteção de crianças e adolescentes, vem orientar a sociedade a adotar cuidados essenciais a fim de prevenir o risco de contágio ou transmissão de infecções respiratórias, incluindo o coronavírus (COVID-19). É muito importante que cada pessoa aja com responsabilidade, praticando o autocuidado, além de estender os cuidados aos meninos e meninas sob sua responsabilidade.

O Pequeno Príncipe também reforça que está tomando todas as medidas necessárias para manter um atendimento seguro e com qualidade para os pacientes internados no Hospital, assim como para os acompanhantes das crianças e dos adolescentes, e os profissionais que atuam na instituição. No Pequeno Príncipe, ainda não há casos confirmados da doença.

Mudança de hábitos é fundamental
O momento é de alerta e as medidas de contenção são imprescindíveis. A mudança de hábitos é fundamental e exige o compromisso de cada cidadão. Assim, a população pode se proteger e também contribuir para a contenção da pandemia.

Fique atento às medidas preventivas:

  • Utilize álcool 70% com glicerina, que é muito eficaz para a higiene das mãos.
  • Lave as mãos com água e sabão sempre que estiverem sujas.
  • Evite tocar a boca, o nariz e os olhos sem antes higienizar as mãos.
  • Não compartilhe copos, talheres e outros objetos pessoais.
  • Mantenha os ambientes ventilados. Abra as janelas e portas mesmo em dias frios.
  • Evite aglomerações e contato com pessoas com sintomas de doenças respiratórias.
  • Ao tossir ou espirrar, utilize o antebraço para evitar a disseminação do vírus.
  • Cumprimente as pessoas sem aperto de mão, beijos ou abraços.
  • Supervisione para que crianças menores, que costumam levar objetos à boca, não compartilhem itens com outras crianças.

Sobre o uso de máscaras cirúrgicas
Outro ponto importante é em relação às máscaras cirúrgicas, que são utilizadas para prevenir a transmissão de infecções. O uso dessas máscaras deve ser feito apenas por indivíduos que já estão com alguma doença respiratória (coriza, tosse e/ou espirro) e cuidadores ou profissionais de saúde que estão envolvidos diretamente com o doente.

*Confira o vídeo especial com as dicas e informações do médico infectologista pediátrico do Hospital Pequeno Príncipe, Victor Horácio de Souza Costa Júnior:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Follow by Email
Instagram
Fale conosco