Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Samba de luto! Morre no RJ, aos 66 anos, Mestre Jorjão

214

Morreu neste sábado, 27, um dos mais famosos mestres de bateria do Carnaval. Jorge de Oliveira, o Mestre de Jorjão, de 66 anos, estava internado desde o mês passado por causa de um acidente vascular cerebral isquêmico.

Desde o ano passado, o criador da chamada “paradinha funk” sofria com problemas de saúde. Ele teve cardiomegalia (coração grande), pneumonia, infecção urinária e cirrose hepática.

Mensagens de luto

O presidente da Viradouro, Marcelinho Calil, lamentou a perda do profissional. O dirigente lembrou que Jorjão teve papel fundamental na conquista do único título da vermelho e branco de Niterói no Grupo Especial. Foi em 1997, com o enredo “Trevas! Luz! A explosão do universo”, do carnavalesco Joãosinho Trinta.

– É uma notícia muito triste para o Carnaval. Um cara que marcou a história da nossa escola. O mestre de bateria do nosso único título. Recentemente, por causa do aniversário de 20 anos desse título, ele esteve lá na nossa quadra recebendo uma homenagem. Prestamos uma homenagem a um cara importante para o Carnaval e para a Viradouro. Estamos tristes com a notícia. Que ele descanse em paz – disse Calil.

Outra passagem marcante de Jorjão na festa foi pela Mocidade. A verde e branco usou as redes sociais para se solidarizar com os familiares do mestre.

“Com pesar, comunicamos o falecimento do querido Mestre Jorjão, um dos maiores mestres de bateria do Brasil! Sua trajetória dispensa apresentações, e foi marcada por inovações e momentos marcantes na história do carnaval, tanto em nossa Mocidade, sua escola do coração, quanto em passagens por coirmãs.

A Mocidade Independente, através de sua diretoria, se coloca de luto. Desejamos força e que Deus esteja com seus familiares”.

A carreira

Com passagens por escolas como Viradouro, Santa Cruz, Imperatriz e Mocidade Independente, ele introduziu a batida funk em uma paradinha na Avenida. O momento aconteceu na Viradouro, em 1997, e entrou pra história do Carnaval. Naquele ano, a vermelho e branco de Niterói foi campeã com o enredo “Trevas! Luz! a Explosão do Universo”, do carnavalesco Joãosinho Trinta.

Fonte: Sambarazzo

Comentários estão fechados.

Follow by Email
Instagram
Fale conosco