Publisher Theme
Art is not a luxury, but a necessity.

Escolas de samba recebem repasse da Globo e retomam produção do Carnaval 2022

35

Depois de um ano e meio de escassez de recursos, devido à pandemia, as escolas de samba do Grupo Especial voltaram a receber, normalmente, os repasses relativos à sua participação no Carnaval 2022.

A primeira parcela dos direitos de transmissão dos desfiles, pagos pela TV Globo, servirá para que as escolas voltem a comprar material para a confecção de alegorias e fantasias, pagar profissionais de barracão e de manutenção de suas quadras, saldar contas em atraso e tomar outras providências que foram adiadas ao longo desse período.

Nesta quarta (25), com a confirmação do primeiro depósito, o clima de alegria e otimismo voltou a reinar na Cidade do Samba. Na oportunidade, Perlingeiro lembrou que os recursos pela participação das agremiações na distribuição dos cartões do SuperaRJ também já foram desembolsados pelo Governo do Estado. Ele ainda reiterou o compromisso do prefeito Eduardo Paes, que anunciou, semana passada, que informará até o próximo dia 30 o valor que a prefeitura destinará às escolas, fixando também o calendário de repasses.

Sambas finalistas devem ser escolhidos até 30 de agosto

A direção da Liesae representantes das escolas de samba finalizam entendimentos com produtores da TV Globo para a formatação da série de programas que apresentarão as finais dos concursos de sambas-enredos das 12 agremiações do Grupo Especial. Em cada programa serão mostradas três decisões. No quinto e último programa da série, o público ficará conhecendo os 12 sambas-enredos que irão para a Avenida no Carnaval 2022.

Quatro agremiações já definiram seus três finalistas: Paraíso de Tuiuti, Mocidade Independente, Unidos de Vila Isabel e Imperatriz Leopoldinense. As outras oito (Viradouro, Grande Rio, Beija-Flor, Salgueiro, Portela, Mangueira, Unidos da Tijuca e São Clemente) estão na fase final do processo seletivo, que terminará no dia 30 de agosto, quando todas deverão informar os três finalistas à emissora.

“Num período de restrições impostas pela pandemia, evitando aglomerações de público e componentes, este foi o melhor caminho encontrado pelas escolas. Trata-se de uma experiência inovadora e esperamos que seja um sucesso”, concluiu Perlingeiro.

Comentários estão fechados.

Follow by Email
Instagram
Fale conosco